Fechar

Escolha o seu idioma ou região

Close

This website content is also available in COUNTRY TO CHANGE.

Automóvel

Indústria automóvel

Caso de estudo

Teste de óleo para aplicações de junta do motor

Amorim Tech Seal TS1521 e TS1400 garantem vedação eficaz

  • Para selecionar as soluções Amorim Tech Seal mais adequadas para aplicação em juntas de motores a gasolina, foram desmontados três motores distintos e realizados diversos testes de reação.  

    O objetivo foi testar o comportamento das juntas nos diferentes motores e verificar o seu desempenho em relação a diversos parâmetros, como a tipologia de material, local de aplicação, espessura da junta, distorção da flange, parafusos e pressão de selagem e tensão aplicada (Topaq).

    3.jpg (1)
  • Os produtos selecionados para a realização dos testes foram Amorim Tech Seal TS1521 e Amorim Tech Seal TS1400, dada à sua resistência ao óleo mineral de motor (10W30, entre outros). 

    Para cada um dos produtos selecionados e respetivas aplicações foi cortada uma junta de vedação e realizados testes com base nos itens típicos do segmento. 

    Os resultados dos testes mostraram que, após 100h de testes , ambos os produtos foram eficazes na vedação das várias aplicações, nos três modelos de motores a gasolina testados, sem fugas durante ou após os testes. 

    AdobeStock_316929275.jpeg
​Local de aplicação​

MATERIAL - ​Amorim Tech Seal​

Junta do filtro de ar​ TS1400
Junta do Carburador​ TS1400​
Junta de admissão​ TS1400​
Junta da tampa da válvula​ TS1400​
Junta de passagem do respiro de ar​ TS1521​
Junta de respiro de ar​ TS1400
Junta da caixa da manivela​ TS1400

Os testes mostraram ainda que após 100h, o torque/binário médio retido foi:​

• 30% – 35% de maior adaptabilidade ás flanges de plástico e metal (equivalente ou melhor que as fibras, com espessura superior ou igual)

• 50% - 60% de maior adaptabilidade a flanges moldadas ou maquinadas, tal como a tampa do cárter (equivalente às fibras)

 

 

Gama de produtos Amorim Tech Seal

Material Descrição do Material Densidade
(kg/m³)
Dureza
(pts)
Shore A
Compressibilidade
% (400 psi)
Resistência à tração
(Mpa)
Resistência à temperatura (ºC)
TS2050 (D205) Mistura de cortiça / SBR. Adequado paraa maioria dos óleos de motor, engrenagem e refrigerantes 830* 60-80 15-35 2* -30ºC a 90ºC
TS4600 (GT46) Mistura de cortiça / SBR. Adequado paraa maioria dos óleos de motor, engrenagem e refrigerantes >640 70* 25-45 >1,03* -30ºC a 110ºC
TS1521 Mistura de cortiça / SBR. Adequado para a maioria dos fluídos de lubrificação. 550-750 50-70 35-50 >0,8 -30ºC a 110ºC
TS1400 Mistura de cortiça / nitrilo. Adequado para combustíveis, bio-combustíveis, óleos e fluídos de refrigeração. 1100* 75-90 10-22 >3,5 -30ºC a 125ºC
TS7100 (1) Mistura de cortiça / NBR. Adequado para combustíveis, bio-combustíveis, óleos e fluídos de refrigeração. 900* 60-75 20-45 2,5* -30ºC a 110ºC
TS7111 (NC711) (1) Mistura de cortiça / NBR. Adequado para combustíveis, bio-combustíveis, óleos e fluídos de refrigeração. 800-960 70-85 10-25 >2 -30ºC a 110ºC
TS7000 Mistura de cortiça / silicone. Adequado a fluídos de refrigeração e resistência aceitável à maioria dos lubrificantes. 1100* 65-80 10-30 >1,7 -60ºC a 175ºC
A099 Mistura de cortiça / silicone para moldagem por injeção. Adequado a fluídos de refrigeração e resistência aceitável à maioria dos lubrificantes. Dependente do processo de injeção 63-73 10-30* >3 -60ºC a 175ºC
TS7610 (NL76) Mistura de cortiça / espuma policloropreno. Adequado para combustíveis, bio-combustíveis, óleos e fluídos de refrigeração. 470-620 30-50 30-45
(@100psi)
>0,5 -20ºC a 110ºC
TS2030 Mistura de cortiça / espuma policloropreno. Adequado para combustíveis, bio-combustíveis, óleos e fluídos de refrigeração. 750-850 60-80 25-40 >1,96 -40ºC a 110ºC
TS7110 (711G) Mistura de cortiça / SBR&. Adequado para combustíveis, bio-combustíveis, óleos e fluídos de refrigeração. 1100* 70-85 15-30 4,5* -45ºC a 135ºC

*Valor típico

Certificações e Aprovações
(1) UL157Listado . Juntas e vedações - os requisitos abrangem procedimentos de teste e critérios de desempenho para a avaliação de juntas não metálicas e materiais de vedação para produtos finais específicos.

(2) DVGW Aprovado. Materiais de vedação à base de borracha/cortiça e borracha/cortiça de fibra sintética para uso com válvulas de gás, aparelhos a gás e tubulações de gás.

(3) NP4464 Compliant. Materiais de cortiça/borracha para juntas de estanqueidade utilizadas em aparelhos a gás, válvulas, dispositivos e instalação de gás.

(4) EN 30.1.1, part 6.1.1.2 Compliant. Aparelhos de Cozinha Doméstica Queima de Gás, Durabilidade dos Materiais de Vedação.

(5) JIA C001 Compliant. Associação Japonesa de Inspeção de Aparelhos a Gás.

Os dados fornecidos nesta tabela representam valores típicos. Estas informações não se destinam a ser utilizadas como uma especificação definida pelo comprador e não implicam a aptidão para utilização numa aplicação específica. A não seleção do produto adequado pode resultar em danos no mesmo ou em ferimentos pessoais. Contacte a Amorim Cork Composites para questões relacionadas com as recomendações para aplicações específicas. A Amorim Cork Composites exime-se de toda e qualquer garantia, incluindo quaisquer garantias ou comercialização ou de adequação implícitas para um determinado fim. A Amorim Cork Composites isenta-se de qualquer responsabilidade em relação a quaisquer danos indiretos, especiais, acidentais, consequentes ou punitivos que resultem da utilização das informações mencionadas nesta tabela, de qualquer das suas fichas de especificações do material, dos seus produtos ou qualquer futura utilização ou reutilização dos mesmos por qualquer pessoa ou entidade.

Partilhar esta página

Preencha o formulário e receba as nossas brochuras.

Downloads