Fechar

Escolha o seu idioma ou região

Close

This website content is also available in COUNTRY TO CHANGE.

"As pessoas têm reagido com grande surpresa à aplicação da cortiça"

Entrevista com Gabriel Tan, designer em Singapura

O desempenho acústico e a estética da cortiça cativaram o designer Gabriel Tan que procurava um material inovador de alto desempenho para desenvolver painéis decorativos e acústicos para dois projetos em Singapura. A cortiça surgiu como a solução ideal. Foi produzido um total de 40 peças para dois projetos de interiores.

Como e quando teve a ideia de utilizar esta matéria-prima (cortiça) para criar estes painéis decorativos e acústicos?

Quando visitei o Convento dos Capuchos em Sintra em 2014, fiquei espantado com a utilização da cortiça nos interiores. Foi nessa altura que percebi que este material é muito especial e quando visitei a Amorim (também em 2014) para saber mais sobre o processo de fabrico da cortiça, deixei Portugal com uma forte vontade de usar este material nos meus projetos de design.

A ideia dos painéis acústicos surgiu quando estava a desenhar os interiores dos quartos de exposição Duo Residence no final de 2015. Queria usar um material acústico que não fosse normalmente encontrado nos interiores e lembrei-me da cortiça. Desenhei e contactei a Amorim com os meus desenhos e, após um ano de desenvolvimentos adicionais e protótipos, implementamos finalmente os painéis no início do ano de 2017 para dois projetos de interiores em Singapura.  

A cortiça é um produto natural, 100% reciclável e amigo do ambiente. Estas características foram importantes para a sua decisão? A sustentabilidade é um fator que valoriza quando escolhe uma matéria-prima?

Sim, claro. A sustentabilidade foi um dos aspetos da cortiça que me atraiu para esse material.

Como a cortiça é sustentável em termos de produção e é um material relativamente leve, consome muito menos energia para transportar e instalar. O facto de não haver praticamente nenhum desperdício no processo de fabrico da cortiça também foi um ponto atrativo para utilizar este material. 

 

 

 

 

“Tem uma textura tão rica que quase consegue senti-la na sua mente quando olha para ela.”

Gabriel Tan

Se tivesse de destacar as duas principais vantagens da cortiça, quais escolheria?

Eu diria a sua qualidade visual tátil (tem uma textura tão rica que quase consegue senti-la na sua mente quando olha para ela) e as suas propriedades acústicas.

Fale-nos um pouco sobre a inspiração por trás destes projetos.

Para o projeto de escritório Venture Craft, a ideia era criar uma obra de arte acústica utilizando os painéis de cortiça tridimensionais em combinação com a decoração. Atualmente, os quadros são uma parte essencial dos projetos de escritório, mas a acústica também.

Combinar os dois aspetos pareceu-me ser um passo lógico. Para os quartos de exposição Duo Residence, queria aplicar os painéis de forma a criarem efeitos visuais diferentes nos dois quartos. No quarto principal selecionamos o acabamento de cortiça queimada e colocamos os painéis horizontalmente ao longo da metade inferior da parede, enquanto no quarto de hóspedes alternamos com os painéis de cortiça natural na vertical para criar uma característica de parede dinâmica. 

Os visuais dos diferentes tipos de cortiça foram importantes para estes dois projetos? 

Sim, acho que os dois tipos de cortiça diferentes criaram uma atmosfera distinta em cada aplicação. 

"Estes projetos reposicionaram o valor da cortiça na mente das pessoas que os visitaram"

Em Singapura é pouco frequente ver a cortiça aplicada de forma tridimensional e geralmente surge em placas planas.

3 - DSC_3342.jpg

"Estes projetos reposicionaram o valor da cortiça na mente das pessoas que os visitaram"

Em Singapura é pouco frequente ver a cortiça aplicada de forma tridimensional e geralmente surge em placas planas.

Que tipo de feedback tem recebido desta coleção? Como é que as pessoas reagem a esta criação? 

As pessoas têm reagido com grande surpresa à aplicação da cortiça em ambos os projetos. Em Singapura é pouco frequente ver a cortiça aplicada de forma tridimensional e geralmente surge em placas planas. Por isso, eu diria que estes projetos reposicionaram o valor da cortiça na mente das pessoas que os visitaram.

 

 

 

Como é que avalia o apoio da equipa da Amorim Cork Composites ao longo do processo?

Eu diria que trabalhar com a equipa da Amorim Cork Composites foi bastante fácil ao longo do processo de desenvolvimento. Todos foram extremamente profissionais, pacientes e sensíveis às minhas dúvidas. Estou muito grato pelo apoio que recebi que, no fundo, contribuiu para o sucesso do projeto.

Sobre o Gabriel Tan Studio

O Gabriel Tan Studio é um atelier de design que trabalha muito além das fronteiras do artesanato, da cultura e da tecnologia. Ao explorar novas formas de interpretar o requinte e romper arquétipos, o atelier trabalha no design, na preservação e na direção criativa para clientes internacionais, incluindo Ariake, Design Within Reach, The Conran Shop, Ishinomaki Lab e The Warehouse Hotel.

Os trabalhos de Gabriel Tan foram exibidos em Milão, Nova Iorque, Estocolmo, Londres, Paris, Tóquio, Barcelona e Singapura e o designer foi reconhecido com o prémio IDEA pela Industrial Designers Society of America, o prémio Electrolux Design Lab e o Bombay Sapphire Asia Grand Prix. Para além do seu trabalho em design, deu aulas como professor convidado no Lasalle College of the Arts, na Universidade de Oregon e também participou como membro do júri do Festival Cannes Lions. Gabriel é ainda cofundador do coletivo de design internacional Outofstock desde 2007, cujos clientes incluem Ligne Roset, Industry Plus e Blå Station.

 

Partilhar

Precisa de ajuda?

Deixe-nos os seus dados para ser contactado por um dos nossos especialistas.