Fechar

Escolha o seu idioma ou região

Close

This website content is also available in COUNTRY TO CHANGE.

Origem, durabilidade e segurança

Origem, durabilidade e conforto garantidos Sport Surfaces

Os infills de cortiça ou à base de cortiça desenvolvidos pela Amorim Cork Composites conjugam a origem certificada com a durabilidade dos materiais e o conforto para os utilizadores.

Matérias-primas de origem natural

Qual é a origem dos materiais e elementos químicos usados nos infills à base de plástico e de borracha? Apesar da existência de regras apertadas sobre as matérias-primas que podem ser usadas no fabrico de infills sintéticos, mantém se a preocupação sobre a possibilidade do uso de materiais de menor qualidade ou de origem desconhecida.

Um problema que não se verifica com os infills de cortiça, já que este tipo de enchimento é composto por materiais de origem 100% natural, obtidos a partir da casca do sobreiro e, no caso da Amorim Cork Composites, totalmente livre de contaminação química de acordo com o REACH, regulamento da União Europeia relativo ao registo, avaliação, autorização e restrição dos produtos químicos.

Um perfil de qualidade reforçado pelo recurso a cortiça proveniente maioritariamente de florestas certificadas pelo Forest Stewardship Council (FSC) e/ou pelo Programme for the Endorsement of Forest Certification Schemes (PEFC).

Saiba mais

É fácil compreender a durabilidade da cortiça e das suas propriedades se pensarmos na mais conhecida aplicação deste material, as rolhas.

Em 2010, foram encontradas no mar Báltico 30 garrafas de champanhe que se estima terem estado submersas mais de 200 anos. Segundo os especialistas, o champanhe naufragado evidenciava «um ótimo estado de conservação», o que testemunha a capacidade única da rolha de cortiça para preservar vinhos e champanhes por tempo indeterminado.

  • Durabilidade garantida

     

    Esta capacidade de resistência estende-se aos infills de cortiça que, quando expostos a agentes agressivos como a luz solar, registam uma resistência de nível 2 de acordo com a EN 20105-A02 (alteração de cor após simulação de exposição à luz solar).

    Infills.jpg
  • Does cork infill limit granulate agglomeration?

    When subject to higher temperatures or increased pressure, non-organic infills, particularly EPDM, tend to soften or agglomerate, creating granules. These agglomerates are hazardous for players and increase the likelihood of injuries. Furthermore, if the performance infill is agglomerated, it loses optimal performance capacity in terms of shock absorption. Amorim Cork Composites cork infills do not agglomerate and meet all player safety requirements.

    sportsurfaces_cork_infills.png

Dada a sua estrutura celular única, a cortiça apresenta elevada capacidade de absorção do choque e também condutibilidade térmica. Estas características, associadas ao seu toque e visual natural, tornam os infills de cortiça uma solução não agressiva para os jogadores, garantindo a performance do sistema e diminuindo o seu desgaste.

Need some help?

Submit your contact details and one of our experts will get in touch with you.