Fechar

Escolha o seu idioma ou região

Close

This website content is also available in COUNTRY TO CHANGE.

Infills de cortiça

Soluções para sistemas de relvado artificial que respeitam o ambiente e as pessoas. Superfícies Desportivas

O crescimento do número de campos de relva artificial um pouco por todo o mundo tem levantado algumas questões sobre o impacto deste tipo de sistemas no ambiente e na segurança dos utilizadores, obrigando a uma reflexão sobre a tecnologia e os materiais utilizados nestas infraestruturas.

Tendo em conta que o tipo de infill usado é um dos principais focos de preocupação, apesar da predominância de enchimentos à base de plástico e de borracha, tem-se verificado nos últimos anos uma crescente migração para as opções orgânicas, como a cortiça.

Infills de cortiça E-book

Quer saber mais sobre como minimizar o impacto ambiental de sistemas de relva artificial?

  • Cork: 100% natural

    Embora os infills sintéticos sejam considerados ambientalmente seguros, a cortiça representa uma opção mais sustentável. Trata-se de um material 100% reciclável, em que praticamente todo o desperdício gerado pela indústria é passível de reutilização, o que contribui para minimizar os gases com efeito de estufa e reduzir a pegada de carbono.

     

    Escolher um infill de cortiça ou à base de cortiça significa escolher uma solução amiga do ambiente desde a origem até ao fim de vida do sistema.

     

    Quando ainda faz parte da árvore, a cortiça contribui para a retenção de CO2 e, se retirada no momento certo, aumenta mesmo a capacidade de contenção da árvore. Durante o processo de produção, até os mais pequenos resíduos de cortiça são usados na cogeneração de energia elétrica. Finalmente, aquando do fim de vida do sistema, os infills de cortiça apresentam a menor libertação de CO2 de entre as várias soluções disponíveis no mercado.

    190.jpg

Respeito pelas pessoas

Até ao momento, os estudos realizados[1] indicam que o uso de relvados com infills artificiais, nomeadamente de borracha SBR, não representa perigo para a saúde. No entanto, é frequente que os jogadores e a comunidade se mostrem preocupados com o risco de ingestão, inalação ou contacto com a pele de elementos potencialmente perigosos contidos nas partículas de borracha.

No caso da cortiça usada nos infills da Amorim Cork Composites, esta questão não se coloca, já que todos os materiais usados são 100% livres de contaminação química, de acordo com o REACH, e não apresentam vestígios de PAHs (Polycyclic Aromatic Hydrocarbons) ou ftalatos.

[1]A presença de outras substâncias potencialmente nocivas foi também testada no laboratório alemão Chemisches Laboratorium Dr. Stegemann, tendo-se verificado o cumprimento dos limites definidos pela DIN.

A escolha da cortiça como infill para relvados artificiais garante ainda segurança nas atividades desportivas e melhora a performance e o conforto dos jogadores, já que apresenta odor neutro, tem um aspeto e um toque mais naturais do que outros infills e permite diminuir a temperatura da superfície de jogo em até 30% face a outras soluções.

cork-infill-oi.jpg

A escolha da cortiça como infill para relvados artificiais garante ainda segurança nas atividades desportivas e melhora a performance e o conforto dos jogadores, já que apresenta odor neutro, tem um aspeto e um toque mais naturais do que outros infills e permite diminuir a temperatura da superfície de jogo em até 30% face a outras soluções.

Precisa de ajuda?

Submeta os seus dados de contacto e um de nossos especialistas entrará em contacto consigo.

Artigos Relacionados

Infills.jpg

Infills de cortiça

Origem, durabilidade e conforto garantidos.

Artigos
Ler Mais
IMG_0137.jpg

Cortiça aplicada em sistemas de relvado artificial

Infill de cortiça aplicado no campo de futebol do Clube Desportivo de Tangstedt - Alemanha.

Casos de Estudo
Ler Mais
IMG_1698.jpg

Clube Desportivo SG Malsburg-Marzell

Aplicação de infill de cortiça no campo de futebol de relva artificial de Malsburg.

Casos de Estudo
Ler Mais